Século XX:  1990

Picture
Nos anos de 1990 o que vai caracterizar e moda e a liberdade no vestir e tudo devido a queda do muro de Berlim  ou seja e fim de determinadas barreiras e o inicio de uma nova forma de expressão..ao seguimento do conceito de “tribos urbanas” em 1980 aparece agora em 1990 a moda grunge que se baseava numa moda de roupas sobrepostas, com tamanhos superiores tecido de flanela e padrão xadrez, esta moda teve inicio em Seattle e uma das características era usar uma camisa amarrada a cintura, surgiram novos grupos sociais como como os clubbers, drag queens, cybers, ravers e todos eles tinham uma moda ousada e não existia mais o conceito de ser leal a uma moda de cada grupo agora encontrava-se tudo misturado.

Esta evolução dos estilos teve inicio nos anos 70 onde se começaram a diferenciar alguns grupos sociais, depois nos anos 80 cada grupo era fiel ao seu modo de vestir ou seja dentro de cada grupo social vestiam-se todos da mesma maneira para se diferenciarem do resto da sociedade mas agora nos anos 90 com e evolução dos conceitos e valores adquiri-se uma mistura vinda de todos os grupos sociais marcando a moda não como uma mas sim como varias realidades, a liberdade de vestir passou a ser a identidade de muita gente, deu-se uma globalização da moda porque com a queda do muro de Berlim deu-se uma grande aceitação de pessoas, culturas ,valores etc.

Como também já vimos nos anos 70 e 80 não podemos deixar de falar da influencia da musica na moda desta vez foi o streetwear que contribuiu para esta evolução ou modificação passando informações da rua. Falando agora um pouco individualmente dos países que mais se destacaram neste período não podemos deixar de destacar Itália que teve como grande nome Gianni Versace que utilizava bastante os dourados voltou a adoptar os estampados mas desta vez de uma maneira muito mais extravagante e sensual, as marcas já conceituadas também ganharam uma nova cara tendo como destaque Chanel com a contratação de Karl Lagerfeld e outras como Dior, Givenchy, Prada, Gucci, Saint-Laurent, Kenzo que contrataram gente nova para promoverem as suas marcas, foi a altura de grande prestigio principalmente para as marcas de alta-costura e para o surgimento de novos profissionais, a imagem ganhou agora uma nova importância para as grandes marcas pois a concorrência era muita, os fotógrafos ganharam agora uma nova imagem na vida social pois contribuía para a divulgação dos produtos e com o aparecimento destes surgiam constantemente novas ideias, e moda e vista agora como uma arte, ganhou uma grande posição de prestigio já a muito desejado e era muito aliciante para a sociedade de consumo.

 Deu-se uma grande evolução dos tecidos e a microfibra foi desenvolvida ainda mais com o objectivo de responder as necessidades da sociedade…quem teve também uma subida de estatuto na sociedade foram as modelos e manequins pois eram estas que divulgação as produções dos estilistas, foi criado o conceito de supermodelo e teve inicio com Inês de La Fressange que trabalhava para a chanel e mais tarde outras como “
Claudia Schiffer, Cindy Crawford, Linda Evagelista, Christy Turlington, Naomi Campbell, Kate Moss, Amber Valetta e, mais adiante, a brasileira Gisele Bündchen adquiriram a posição de super modelos: são as famosas “top-models” internacionais.”.  foi nesta altura que começou a ser valorizada a fama, neste ramo a sociedade via este conceito como uma maneira fácil de ser alguém que criar visibilidade perante o mundo, criaram-se grandes desfiles com o objectivo de promover novos talentos principalmente no  Brasil
.


Picture
Picture
Feito por:Ana Ferreira